Óleos essenciais para animais de estimação: porquê, quando e como?

0 26/01/2021 - Uncategorized @pt

Na Young Living preocupamo-nos com as nossas famílias e consideramos os nossos animais de estimação como uma parte vital e maravilhosa da nossa família. Sabemos que os nossos membros adoram partilhar os óleos com os seus entes queridos, por isso faz todo o sentido que também queiram partilhá-los com os seus animais de estimação. É por isso que desenvolvemos a nossa fantástica gama de produtos Animal Scents®, que podem ser utilizados para proporcionar novos aromas e sensações aos nossos amigos de quatro patas. Para descobrires mais sobre como utilizar estes produtos e outros óleos essenciais, garantindo a segurança e a felicidade dos teus animais de estimação, continua a ler.

Importante: recomendamos que o teu animal de estimação seja examinado por um veterinário antes da utilização desta gama de produtos. Consulta um veterinário antes de aplicares qualquer produto a um animal doente ou em período de gravidez. Interromper o uso se ocorrer irritação.

O que fazer e o que não fazer

  • Em primeiro lugar, existem muitos óleos que não são adequados para animais de estimação e que podem até ser venenosos. Esta é a razão pela qual é importante ter cuidado e uma das razões pelas quais lançamos a nossa incrível gama Animal Scents®, que permite uma introdução segura dos teus animais de estimação aos óleos essenciais.
  • Como é necessária uma diluição correta para a utilização segura dos óleos essenciais, os óleos não devem ser utilizados em gatos ou cães com menos de oito semanas uma vez que ainda se encontram nas fases iniciais de desenvolvimento.
  • Certifica-te que diluis consideravelmente todos os óleos essenciais e que os utilizas em moderação, uma vez que os animais geralmente são mais sensíveis à sua aplicação do que os seres humanos.
  • Como cada animal é diferente, observa com cuidado a reação do teu animal aos óleos essenciais e interrompe a utilização dos mesmos caso seja necessário.
  • Toma especial cuidado para não deixares entrar óleos essenciais nos olhos do animal durante a aplicação.
  • Não te esqueças de deixar espaços livres de óleos essenciais em casa acessíveis aos gatos.
  • Evita utilizar óleos com alto teor de fenol tais como Oregano, Wintergreen, Clove e Thyme com todos os animais. Isto é especialmente importante com os gatos.
  • Tem muito cuidado com os gatos e os óleos essenciais, em termos de inalação, aplicação tópica e ingestão, particularmente no caso dos óleos cítricos.
  • Se os teus animais de estimação estiverem a experimentar os óleos essenciais pela primeira vez, pode ser que demorem um pouco a adaptarem-se aos novos aromas e sensações que proporcionam. Para garantir que se sentem o mais confortáveis possível durante o processo de introdução, recomendamos-te permitir que os teus animais se adaptem através de uma exposição gradual aos óleos. Utiliza-os como perfume, aplica-os nas mãos e deixa que os teus animais de estimação os cheirem ou utiliza-os em espaços em que os teus animais de estimação associem ao relaxamento. É importante prestar atenção a sinais de irritação nos animais. No caso de ganirem, fungarem, ficarem nervosos e se se coçarem excessivamente, a utilização dos óleos essenciais deve ser interrompida.

Instruções de acordo com o tipo de animal

Cães

  • Para cães de porte grande e médio recomenda-se começar com uma concentração de 10%, enquanto que para cães de porte pequeno uma concentração de 5% é um bom ponto de partida (aproximadamente 1 gota de óleo por 1 ml de óleo de base para cães pequenos e 1 gota de óleo por 9 gotas de óleo de base para cães de porte grande e médio)
  • Como os nossos produtos Animal Scents® já estão pré-diluídos, a proporção seria de 1 gota por 7 gotas de óleo de base para cães de porte grande e médio e 1 gota por 14 gotas de óleo de base para cães de porte pequeno.
  • Evita utilizá-los em cães bebés (especialmente naqueles com menos de 8 semanas).
  • Não os administres por via interna.
  • Aplica-os nas patas.

golden retriever sentado com a sua dona no porta-bagagens do carro

Gatos

  • Para os gatos, a recomendação habitual é diluir o óleo até uma concentração de 1% quando estamos a introduzir os óleos (aproximadamente 1 gota de óleo por uma colher de chá (ou 5 ml) de óleo de base). Também não se recomenda a utilização dos óleos em gatos todos os dias.
  • Como os nossos produtos Animal Scents® já estão pré-diluídos, a proporção seria de 1 gota por 7 ml de óleo de base.
  • Evita os óleos cítricos.
  • Aplica-os nas patas.

gato alaranjado sentado no colo da sua dona

Pássaros

  • Utiliza os óleos com a máxima precaução.
  • Dilui-os sempre por completo.
  • Utiliza a mistura diluída por pulverização em vez de qualquer outra aplicação tópica direta.

pássaro azul, branco e preto no dedo da sua dona

Répteis e anfíbios

  • Utiliza os óleos com a máxima precaução.
  • Evita os óleos cítricos e amadeirados.
  • Dilui os óleos em óleo de coco.
  • Utiliza a mistura diluída por pulverização em vez de qualquer outra aplicação tópica direta.

camaleão verde e castanho em primeiro plano com a sua dona desfocada ao fundo

Cavalos e outros animais de porte grande

  • Começa com a quantidade recomendada para um ser humano (tal como indicado no rótulo) e dilui os óleos consideravelmente.
  • Mistura-os com água num frasco pulverizador para uma aplicação fácil.
  • Começa com pouca quantidade e utiliza-os em moderação.

cavalo castanho a olhar por cima da porta do estábulo com a sua dona

This post is also available in: Inglês Alemão Checo Holandês Finlandês Sueco Lituano Romeno Russo Espanhol Francês Italiano Polaco Croata

Partilhar

Sem comentários

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Todos os comentários são moderados e não irão aparecer imediatamente. Além disso, é possível que algumas publicações sejam ligeiramente modificadas ou eliminadas em conformidade com as Políticas e Procedimentos da Young Living e a legislação em vigor.