Guia de Segurança dos Óleos Essenciais

Oléos essenciais são poderosos presentes da natureza que muitas vezes podem ser mais fortes do que o esperado. Para previnir os danos de usos indevidos desses óleos preciosos e para garantir que você aproveitará ao máximo seus benefícios, nós criamos este útil guia de segurança. Recorra a ele para aprender o básico sobre o uso de óleos essenciais, como lidar com sensibilidade na pele e outras informações valiosas.

FAQs

Sou novo no mundo dos óleos essenciais. Como faço uso deles?

A Young Living coloca no rótulo de cada produto, suas indicações de uso. Essas indicações podem variar de acordo com a sua região. Por favor consulte o rótulo do produto para informações sobre como utilizar.


Qual a diferença entre os óleos essenciais tradicionais da Young Living e os da linha Vitality™?

A grande variedade de linhas de produtos da Young Living inclui produtos que podem ser usados em praticamente todos os aspectos da sua vida. Esses produtos são normalmente rotulados para uso tópico/aromático, nutricional ou para limpeza. Apesar de todos os óleos terem a qualidade e pureza garantidas pelo selo Seed to Seal®, nossos óleos tradicionais são feitos apenas para uso tópico/aromático enquanto a linha Vitality™ foi feita especialmente para consumo nutricional. Essa diferenciação permite que a Young Living e nossos membros compartilhem livremente os benefícios nutricionais e culinários dos óleos que são claramente rotulados para esse fim.

Eu vejo o termo “óleo carreador” sendo usado em diversos lugares. O que é um óleo carreador, como ele atua e por que devo usá-lo?

Um óleo carreador é um óleo vegetal (como óleo de coco, azeite e óleo de semente de uva) que pode ser usado para diluir os óleos essenciais. O V-6™ Vegetable Oil Complex da Young Living é um óleo carreador excelente para todo tipo de aplicação.
O uso de algum óleo carreador garante que os óleos essenciais aplicados topicamente não causarão nenhum desconforto na pele. A diluição do óleo em alguma base não diminui ou altera seus efeitos e sim, previne o desperdício por aplicação excessiva. Procure pelas indicações de diluição nos rótulos dos vidros de óleos essenciais.
Gordura vegetal, manteiga, margarina e derivados de petróleo (como óleo mineral, óleo de bebê e vaselina) não devem ser utilizados como óleo carreador.

O que é um óleo essencial “quente”?

Os óleos essenciais considerados quentes são os que podem causar uma sensação de aquecimento quando aplicados diretamente na pele. Exemplos de óleos essenciais quentes incluem Clove, Thyme e Thieves®. Para algumas pessoas, a sensação do uso tópico do óleo Peppermint também pode ser intensa.
A Young Living recomenda testar os óleos aplicando 1-2 gotas em uma área pequena da pele. Apesar de reações adversas normalmente ocorrerem após 5-10 minutos, observe a área por uma ou duas horas para garantir que não tem qualquer tipo de alergia. Se você sentir a pele quente ou desenvolver erupções cutâneas, aplique um óleo carreador na área afetada quantas vezes forem necessárias.

E se eu sentir algum desconforto ou irritação na pele?


Se ocorrer algum desconforto ou irritação, suspenda o uso do óleo essencial e aplique um óleo carreador na área afetada. Se houver uma erupção cutânea, pode ser um sinal de desintoxicação. Beba bastante água para estimular eliminação das toxinas do seu corpo. Toxinas presentes em sabonetes e outros produtos de base petroquímica podem desencadear reações de desintoxicação. Se esse for o caso, considere descontinuar o uso desses produtos. Antes de utlizar novamente o óleo essencial, faça um teste (veja o passo-a-passo do teste na pergunta acima “O que é um óleo essencial “quente” ?”) e o dilua em um óleo carreador se necessário.
Nunca use água para diluir o óleo, já que ela o faz penetrar ainda mais na pele e nos olhos e pode aumentar o desconforto. Se um óleo essencial entrar em contato com os olhos, lave-o com um óleo carreador e procure um médico.

Os óleos essenciais podem ser aplicados em áreas sensíveis do corpo?

Evite o contato dos óleos essenciais com áreas sensíveis como olhos, ouvidos, órgãos sexuais e membranas mucosas. Se você quiser usar o óleo em alguma dessas áreas, dilua 1 gota de óleo em 5-10 gotas de algum óleo carreador.

Com qual frequência os óleos essenciais podem ser aplicados? Qual dosagem é a ideal?

Siga as instruções de uso no rótulo de cada embalagem. Óleos essenciais são muito poderosos, então comece com pouco e vá devagar. O uso excessivo de óleos essenciais pode aumentar o risco de reações adversas. Na maioria dos casos, 1-2 gotas são suficientes e usar mais que isso pode ser um desperdício de produto. Dependendo do óleo você pode aumentar gradualmente o uso para 3-4 vezes por dia, se desejado.

Óleos essenciais podem ser utilizados durante a gestação e amamentação?

Como em qualquer outra situação delicada, recomendamos que um médico experiente seja consultado antes de se iniciar o uso de óleos essenciais. Algumas pessoas preferem suspender ou evitar o uso excessivo dos óleos Clary Sage (Salvia sclarea), Sage (Salvia officinalis), Fennel (Foeniculum vulgare), entre outros. Assim como os blends e outros produtos que contém esses óleos em sua composição.

Os óleos essenciais podem ser utilizados em crianças?

Vários óleos essenciais tem uso apropriado para crianças, mas devem ser diluídos em algum óleo carreador antes e aplicados nas solas dos pés. Alguns produtos da Young Living já são pré diluídos, como indicado no rótulo, e podem ser usados direto na pele dos pequenos.


Como a exposição ao sol pode afetar o uso dos óleos essenciais?

Alguns óleos essenciais, especialmente os cítricos (Orange, Lemon e Grapefruit por exemplo), contém moléculas naturais que reagem à lus do sol (raios UV) e causam reações na pele. Os rótulos dos produtos que são compostos por esses ingredientes possuem um alerta para evitar a exposição à luz solar de 12-48h após a aplicação. Sempre tenha cautela ao começar a usar algum óleo diferente. Para reduzir o risco de reação, faça um teste (veja o passo-a-passo do teste na pergunta acima “O que é um óleo essencial “quente” ?”), o dilua em um óleo carreador e aplique na pele que não esteve exposta ao sol. Ao contrários dos óleos essenciais (que são puros), os produtos de beleza e cosméticos são formulados com agentes que reduzem o risco de sensibilidade ao sol.

Pessoas com condições médicas podem usar óleos essenciais? Os óleos podem afetar o efeito de medicamentos?

Se você possui alguma doença/condição médica ou faz uso de medicação, é recomendado que você converse com seu médico antes de começar a utilizar os óleos essenciais. Questione sobre possíveis interações de óleos essenciais com medicamentos específicos.